• @gardeniano

    Erro: o Twitter não respondeu. Por favor, aguarde alguns minutos e atualize esta página.

  • posts mais recentes

  • Categorias

  • Arquivos

  • Álbum do Flickr

    IMG_20150404_114341

    IMG_20150404_114347

    IMG_20150404_114349

    Mais fotos

Como estou dirigindo? Como o Ricardo Neis

Rio, 04 de fevereiro de 2012.

Às vésperas de completar um ano do atropelamento em Poa (ocorrido em 25/02/2011), sou surpreendido com a notícia de um amigo, Arlindo, que levou uma “fina” de um motorista de ônibus enquanto pedalava para casa depois de sua primeira partida de bike polo. Contudo, o que me surpreende não é a “fina” em si (que fere o artigo 201 do CTB). Infelizmente, elas são frequentes – toda semana eu passo por esse tipo de situação. O que surpreende é o que o motorista fala sobre sua própria atitude.

B.O. feito pelo amigo Arlindo Pereira Jr. que levou um fino de um motorista de ônibus.

“Relata o comunicante que na madrugada do dia 03/02/2012, por volta das 02:50, estava andando de bicicleta junto com os seus amigos, pela Rua Humaitá, quando, na altura do Corpo de Bombeiros do Humaitá, um motorista, conduzindo um ônibus da linha 176, e numérica A21092, jogou o mesmo contra o comunicante, e seus amigos. Que questionado sobre o porque da atitude, o motorista, que alegou se chamar Rafael, disse ao comunicante , que seus amigos teriam sorte, pois estava trabalhando, conduzindo o ônibus, pois se estivesse no seu carro de passeio, teria jogado o comunicante e seus amigos para cima. Que em virtude de tais fatos, veio à esta UPJ, para registrar o fato.”

Difícil entender o que se passa na cabeça de uma pessoa que joga um ônibus em cima de ciclistas e ainda fala uma merda daquela. Fato é que tal pessoa não pode sair por aí conduzindo nenhum tipo de veículo, mesmo bicicleta ou skate. Meu alívio é saber que a maioria dos motoristas não age assim. Se a maioria agisse dessa forma, o número de atropelamentos e mortes de ciclistas e pedestres seria bem maior.

Sobre a fiscalização das “finas”, recomendo a leitura de:
Ainda sobre a ajuda do Ministério Público no caso da aplicação do artigo 201 do Código de Trânsito Brasileiro – aquele que evita(ria) as “finas educativas” contra ciclistas” – Blog Na Bike

Ônibus invade ciclofaixa durante Bicicletada em Curitiba” – Blog Ir e Vir de Bike